quinta-feira, 29 de agosto de 2013

O Sol há de brilhar eternamente, o mal será cortado na semente ! É o juízo final, a luta do bem contra o mau !


  • Rio, 29.08.2013.__________
  • Amigos! ___________________________________________________________________________________________                                                             _   Nesta data, pela primeira vez, estive de frente com a Justiça encarnada. A peroração no voto do Ministro Celso de Melo, impregnada de convicção, de certeza, ainda, como disse, em outras palavras, sobre a teoria do domínio do fato que disseram recente, vez que fora base para as incriminações - que apenas repisou-se o que houvera em outros julgados, outros tribunais, como o extinto Tribunal de Alçada Criminal de São Paulo e, por exemplo como, também, o de Porto Alegre.           ________________________________________________________________________________________________________________________               O Sol da Justiça concretizou-se. Ele brilha, faz desaparecer a empáfia dos cínicos, revela a força do Princípio da Equidade, revela a força da verdade como valor irretocável, e sem vinculação argentária._____      _____ ____________________________________________________________________________________________________________________________               Testemunho, assim, o Espírito da Verdade e da Justiça transbordar na Taça do Ministro Decano do Supremo Tribunal Federal. Vi o ideal de Justiça integralmente realizado, ainda que este ideal venha à Terra, uma vez na vida, ou no século. ____________________________________________________________________________________             Mas, há o meu testemunho disso, hoje, na sessão do Supremo Tribunal Federal no julgamento do Exmo. Senhor ex-Ministro da Casa Cívil da Presidência da República, Doutor José Dirceu. Eu fiquei de cara com a Justiça ! Um rico vai para a cadeia, ainda que na cela com a grades da moral, da ética e do pudor !

  •                      Mas, foi tão forte o voto do Decano, que o Ministro Lewandovyski - uma vez terminada a leitura do escore dos votos pelo Presidente do STF -, fez questão de atentar que seu voto fora vencido parcialmente. E não apena só vencido.                                                                                   Vi a vergonha na face de um cínico pela primeira vez!

Um comentário:

PARADIGMA disse...

Impressionante a capacidade camaleônica do Ministro deUcano do Supremo Tribunal Federal. Dizem que dão nó em pingo d'água. A reação das camadas que o Lula não impediu de ir à escola foi bem diferente. Desmascarou a farsa do Pináculo da Sabedoria Jurídica. Os tempos não são os do Império Romano; mas, da era da cibernética. Dizem que a humildade é um grande negócio nos dia de hoje...